“Uma noite na Boate Azul”: sábado com diversão e solidariedade

Hoje (24), a partir das 22h, acontecerá a festa beneficente “Uma noite na Boate Azul”, no Gato Preto Club, localizado em Juazeiro do Norte. O intuito da noite é trazer entretenimento atrelado a solidariedade, através da arrecadação de alimentos para famílias carentes que integram o projeto Cariri Invisível. A entrada para o evento que traz dez DJs regionais de diferentes vertentes musicais, consiste na doação de 2kg de alimentos (arroz, feijão ou açúcar) ou três pacotes de cuscuz. Além disso, haverá um transporte na cidade do Crato, que garante o translado de ida e volta ao evento no valor de dez reais.

Conforme o professor e participante do projeto, Davi Moreira, 24, a festa surge no intuito de arrecadar uma boa quantidade de alimentos para as pessoas inscritas no projeto, já que o número de famílias beneficiadas é elevado e a organização acaba não conseguindo suprir tal demanda. “Foi pensando nisso que tivemos a ideia de montar esse evento, para que as pessoas se divirtam e ao mesmo tempo ajudem, contribuam com o projeto”, explica.S

O Cariri Invisível é um projeto que surge com o objetivo de mostrar a realidade vivida por aqueles que estão à margem da sociedade.  “A maioria das pessoas inscritas no projeto são moradores de rua. A gente senta, tem uma conversa onde eles contam um pouco de suas histórias. Nós fotografamos e relatamos a trajetória dessas pessoas nas legendas das publicações do nosso perfil no Instagram, mas existem famílias que vem diretamente a nossa equipe procurando ajuda”, relata Davi, quando perguntamos sobre a forma de contato entre os beneficiados e participantes do projeto. 

Ação realizada na primeira comunidade cadastrada pelo projeto Cariri Invisível, no bairro Seminário, em Crato. (Foto: Divulgação)

A DJ Valetinna Lenz, 23, confirmada como atração na festa beneficente, conheceu o projeto através de um amigo que integra o grupo de voluntários e, a partir da conversa, se interessou em fazer parte do evento. “Quando ele me mostrou os inúmeros benefícios que o Cariri Invisível traz, me interessei bastante. Tanto pela oportunidade de ajudar as pessoas, como também por se divertir em prol de uma boa causa”, afirmou.

Atualmente, a organização conta com uma média de 50 a 60 pessoas, divididas em dois grupos, um na cidade de Juazeiro do Norte e outro no Crato. “Cada pessoa desse grupo exerce uma função, como por exemplo: coleta de alimentos, entrevista com esses moradores de rua e etc.”, explica Davi. Além disso, as famílias beneficiadas não se concentram apenas nos dois municípios que os coletivos atuam, mas em grande parte da região do Cariri.

Para a DJ Valentinna, o evento tem o intuito de mostrar para as pessoas que há famílias precisando de ajuda. “Nós, muitas vezes, fechamos os olhos e não enxergamos as inúmeras pessoas que precisam do nosso auxílio, que não possuem uma boa qualidade de vida. Essa festa mostra que independentemente de qualquer coisa é necessário sermos solidários com o outro”, afirma. O projeto tem como meta agregar mais voluntários ao grupo a partir do mês de setembro.

Como ajudar?

Visitar o perfil do Instragram do projeto Cariri Invisível clicando aqui

– Conversar com a equipe através do direct e saber como contribuir com o projeto.

– Doar alimentos não perecíveis, produtos de higiene, itens de vestuário (roupas, sapatos e mochilas), brinquedos, itens de cama e banho, ração ou qualquer quantia em dinheiro para compra dos itens já listados.

Luan Duarte

Luan Duarte

Luan Duarte é formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Cariri (UFCA), produtor de eventos e DJ nas horas livres. Com apenas 20 anos, o jovem jornalista acredita que a comunicação precisa ser mais popular e cumprir seu papel de revolucionária em meio a sociedade. O garoto viciado em música pop, séries e ideias da psicologia, vem narrar histórias saborosas como um jambo tirado do pé.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *